Manual de Diálise - 2ª Ed - Capítulo 15.1ª Parte - Equipamentos para Acesso Peritoneal

Stephen R. Ash. John T. Daugirdas. . O cateter peritoneal deve ter a capacidade de permitir taxas adequadas de fluxo para dentro e para fora do dialisado e deve ser projetado de forma a evitar infecção no ponto de saída da pele. O modelo do cateter deve permitir uma resolução bem-sucedida da peritonite, caso esta ocorra. Finalmente, o cateter deve ser implantável com segurança sem a necessidade de um procedimento cirúrgico maior.. . I. Tipos de cateter. . Os cateteres peritoneais podem ser classificados como agudos ou crônicos.. . A. Cateteres agudos. Todos os cateteres agudos apresentam o mesmo modelo básico: uma extensão de tubo relativamente rígido, reto ou levemente encurvado, com numerosos furos na extremidade distal. Um estilete de metal ou um guia metálico sobre o qual o cateter desliza é utilizado para guiar a inserção. Os cateteres agudos são projetados para serem colocados "medicamente" no leito, porque mesmo pequenos atrasos associados com a consulta cirúrgica e com a implantação, não são freqüentemente bem tolerados pelos....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa