Manual de Diálise - 2ª Ed - Capítulo 07 - Anticoagulação

Ralph J. Caruana . Dawn M. Keep. . I . Coagulação do sangue no circuito extracorpóreo. . Durante o procedimento de diálise, o sangue do paciente entra em contato com cânulas endovenosas, tubos, câmaras de gotejamento, conservantes e com as membranas de diálise. Todas ou quaisquer destas superfícies podem iniciar a coagulação sangüínea, que pode ser intensa o bastante para causar oclusão parcial e mau funcionamento do circuito extracorpóreo. A trombogenicidade das superfícies do circuito extracorpóreo começa com a formação de uma capa de proteínas plasmáticas, seguida de aderência e agregação plaquetária, geração de tromboxano A2, e ativação da cascata intrínseca da coagulação, levando à formação de trombina e deposição de fibrina. Os fatores específicos do paciente que favorecem a coagulação estão listados no Quadro 7-1.. . A anticoagulação com heparina é o método, padrão para prevenção da coagulação no circuito extracorpóreo. A heparina é um mucopolissacarídeo sulfatado aniônico de peso molecular variável extraído ....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa