Sexologia e Ginecologia - 1ª. Ed. - Capítulo 17 - Sexualidade na Gravidez e no Puerpério

Leonardo Goodson. Gerson Lopes. . Quando se estuda o relacionamento sexual de um casal grávido, chega-se à conclusão de que mudanças e conflitos irão caracterizar essa nova fase da vida.. . Mudanças anatômicas, hormonais, fisiológicas e psicológicas devem ser sempre discutidas e esclarecidas. Conflitos de relacionamento, existenciais e sociais também fazem parte dessa nova rotina.. . Opiniões discordantes quanto à possibilidade de se praticar o sexo durante a gestação e o puerpério acompanham a humanidade em toda a sua história. Hipócrates, já havia sugerido que a atividade sexual poderia levar ao abortamento.. . Sabendo-se que o ser humano é o único entre os animais que mantém uma atividade coital durante o período da gravidez, é de suma importância a discussão e a pesquisa sobre o assunto.. . Se fizermos um breve apanhado de algumas culturas e de alguns estudos, chegaremos à conclusão do porquê de todas as nossas dúvidas.. . O Islam proíbe o coito durante a gravidez, a menstruação e a lactação. Já a religião hindu estimula a relação sexual, acreditando que o sêmen pode servir....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa