Manual de Psiquiatria Clínica - 1ª Ed. - Capítulo 22 - Terapia Orgânica

I. Princípios básicos de psicofarmacologia. As drogas psicotrópicas, sejam elas utilizadas isoladamente ou em associação a outras terapias, podem reduzir sobremaneira a gravidade e a duração dos distúrbios mentais. A esquizofrenia, a depressão, a mania, o distúrbio de pânico, o distúrbio de ansiedade generalizada e o distúrbio obsessivo-compulsivo são alguns dos distúrbios psiquiátricos que respondem a drogas. Os agentes farmacológicos também podem produzir alívio sintomático da ansiedade e da insônia que ocorrem como parte das crises normais de vida. A. Classificação das drogas. A divisão tradicional das drogas psicoterapêuticas é à seguinte: (1) antipsicóticos; (2) antidepressivos; (3) antimaníacos; (4) ansiolíticos, e (5) hipnóticos. Essas divisões são historicamente determinadas pelo seu uso clínico original. Entretanto, no caso das drogas psicotrópicas, a experiência clínica mostrou ter a maioria delas mais de uma aplicação clínica. Na prática corrente, as drogas psicotrópicas são utilizadas para outras finalidades, além da indicação....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa