A Clínica e o Laboratório - 16ª Ed. - Capítulo 12 - Leucorréia

Alfonso Balcells Gorina. . A secreção de pequena quantidade de fluxo esbranquiçado deve ser considerada normal, ainda que manche a roupa, enquanto não for irritante para a pele e a mucosa. Contém principalmente detritos epiteliais com pequena proporção, variável, de leucócitos e muco claro. Diminui na fase pós-menstrual e aumenta até a metade do ciclo, durante os dois a três dias anteriores à ovulação, refletindo a atividade endócrina do ovário.. . Patologicamente, o fluxo aumenta e muda de aspecto. Na sua citologia predominam os leucócitos, as hemácias e as células epiteliais não cornificadas, em proporção variável. As causas mais freqüentes são: Infecção ou infestação parasitária. Costuma ser purulenta e malcheirosa. Pelo exame microscópico do esfregaço podem reconhecer-se os microrganismos ou parasitas patogênicos — diferentemente da flora normal constituída pelo bacilo de Döderlein —, as Trichomonas vaginalis ou os fungos (Candida albicans, especialmente); neste último caso, conseqüência de alterações gerais: tratamentos....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa