PEDIATRIA AMBULATORIAL 2a Edição - Capítulo 32 Respiração Bucal

Fonseca - 32  . Cândida Augusta Rebêlo de Moraes Guerra. Francisco Mário de Biase Neto. Ligia Maria Kelner Silveira (in memoriam). Márcio Fernando Tavares de Souza. INTRODUÇÃO. A respiração é o mecanismo vital que tem início no pós--parto imediato e que, com o choro, representa o primeiro reflexo que servirá para a primeira avaliação da vida que principia. A respiração ocorre com a entrada do ar nos pulmões, promovendo sua expansão, o que frequentemente será seguido de choro. Posteriormente, quando em contato com a mãe, ainda na sala de parto, o recém-nascido procura, por ato reflexo, o seio materno, dando início e estimulando a amamentação, cuja importância não será apenas nutritiva, mas também para o desenvolvimento motor, sobretudo da face e da língua, e emocional, mediante o vínculo materno--infantil estabelecido por esse íntimo contato entre a mãe e seu filho. No início da vida, essas duas ações, a respiração nasal e o aleitamento materno, são essenciais para um bom desenvolvimento.. Para que a respiração nasal fisiológica do ser humano ocorra é necessária a integridade anatômica e funcional das vias aéreas. O nariz é o primeiro dos componentes das vias respiratórias, por onde o ar passa....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa