PEDIATRIA AMBULATORIAL 2a Edição - Capítulo 15 Prevenção de Doenças do Adulto com Raízes na Infância

Fonseca - 15  . João Guilherme Bezerra Alves. INTRODUÇÃO. O cenário da pediatria brasileira, até poucas décadas atrás, era basicamente composto por elevados índices de mortalidade infantil, subnutrição e doenças infecciosas imunopreveníveis. Atualmente, com a transição epidemiológica e nutricional vigente no Brasil, o quadro nosológico que se apresenta aos profissionais de saúde que lidam com a saúde da criança modificou-se bastante. Paralelamente às doenças mentais, à violência e ao câncer, as doenças crônico-degenerativas não transmissíveis características da vida adulta, como aterosclerose, obesidade, diabetes tipo 2, hipertensão arterial e dislipidemia, passaram a ser identificadas de maneira crescente na infância e na adolescência. Além disso, o conhecimento científico recente vem apontando que essas doenças principiam na infância ou na adolescência, ou até mesmo na vida intrauterina, indicando que a prevenção dessas afecções passa pela responsabilidade dos profissionais de saúde que lidam com essa população.. Vários estudos, divulgados nos últimos anos, trouxeram importantes conhecimentos sobre as origens fetais, na infância e na adolescência, das doenças crônicas da vida adulta. Essas afecções....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa