Compêndio de Neurologia Infantil – 2a edição - Capítulo 26 - Distúrbios Paroxísticos Não Epilépticos

FONSECA - 26 José Luiz Dias Gherpelli. Introdução. Os distúrbios paroxísticos de natureza não epiléptica são uma causa frequente de consulta médica e, infelizmente, quase nunca são presenciados pelo médico. Os familiares ou outras pessoas que os presenciam ficam tão assustados que as informações fornecidas ao médico frequentemente são fragmentadas e incompletas. Assim, em caso de dúvida, é necessário que o médico dirija o questionamento e, se o evento ocorrer de maneira recorrente, solicite que este seja gravado em vídeo para que possa ser feita uma análise mais detalhada.. Síncope. A síncope é definida como um episódio de perda de consciência e do tônus muscular, geralmente de curta duração. A incidência é de aproximadamente 15% entre os 8 e os 18 anos de idade. A maioria dos casos é benigna, entretanto ela pode ser a manifestação clínica de um distúrbio neurológico, cardiovascular ou metabólico.. As causas da síncope na infância podem ser divididas em três grupos, com o último deles consistindo em manifestações clínicas que se assemelham a síncopes, ou pseudossíncopes (Quadro 26.1). As síncopes neurologicamente....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa