Compêndio de Neurologia Infantil – 2a edição - Capítulo 32 - Infecções Parasitárias do Sistema Nervoso

FONSECA - 32 - PAG 390 Infecções Parasitárias do Sistema Nervoso. Parte A. Maurício Barbosa Horta. Karina Soares Loutfi. Luísa Lucena Barbosa. Introdução. A mielorradiculopatia esquistossomótica (MRE) compreende a forma ectópica mais grave e incapacitante da infecção pelos trematódeos do gênero Schistosoma, na qual apresenta três espécies que acometem o SNC: S. mansoni, S. haematobium e S. japonicum.. A síndrome mielorradicular ocorre mais frequentemente nas duas primeiras espécies citadas, sendo o S. mansoni o principal agente da mielopatia esquistossomótica em todo o mundo.. O S. japonicum é responsável pelo envolvimento cerebral.. Epidemiologia. A prevalência da MRE em área endêmica não é conhecida.. É uma patologia subnotificada de morbidade subestimada. A dificuldade do reconhecimento do quadro clínico e a limitação de acesso aos métodos complementares diagnósticos contribuem para o subdiagnóstico da MRE, levando consequentemente às sequelas graves para os portadores....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa