Compêndio de Neurologia Infantil – 2a edição - Capítulo 17 - Epilepsia na Infância

FONSECA - 17 - PAG 267 Seção IV. Crises Convulsivas na Infância. Maria Augusta Montenegro . Kátia M. R. Schmutzler. Marilisa M. Guerreiro. Introdução. Epilepsia na infância é um termo vasto que merece algumas considerações especiais. A primeira refere-se ao fato de que o tema é da maior relevância, uma vez que a maioria das epilepsias ocorre ou se inicia na infância. Assim, não há como falar de epilepsia sem fazer referência aos quadros clínicos que ocorrem na faixa etária pediátrica.. Em segundo lugar, há peculiaridades próprias da infância que distinguem substancialmente as epilepsias que aí ocorrem daquelas que privilegiam outras idades. Por exemplo, epilepsia focal em adulto exige investigação detalhada, pois a possibilidade de lesão estrutural deve ser sempre considerada. Em crianças, por outro lado, epilepsias focais são muitas vezes benignas e idiopáticas e, em geral, são facilmente controladas e dispensam investigação extensa. . A terceira consideração especial a ser feita refere-se aos enormes progressos científicos alcançados nos últimos....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa