Compêndio de Neurologia Infantil – 2a edição - Capítulo 03 - Exame Neurológico

FONSECA - 03 Luiz Roberto de Oliveira. INTRODUÇÃO. Apesar de todo o avanço na propedêutica complementar, principalmente na neuroimagem, o exame neurológico (EN) continua sendo de importância fundamental. Juntamente com a história, ele ajuda a responder três perguntas básicas do diagnóstico clínico neurológico: (a) há comprometimento do sistema nervoso (SN)?; (b) onde está a lesão?; (c) qual a etiologia mais provável da lesão? . O EN deve procurar cobrir todas as áreas do SN. . Não existe um plano de exame rígido, e na criança procura-se fazer “aquilo que for possível” no momento, sendo a observação do paciente um método importante na avaliação, principalmente naquele que não coopera. Deve ser lembrado que as diversas partes do SN funcionam como uma unidade, de modo que, ao se examinar uma, outras também estarão sendo inevitavelmente avaliadas. . O EN pode ser organizado na seguinte ordem: (a) estado mental, (b) nervos cranianos, (c) motricidade, (d) coordenação motora, (e) equilíbrio, (f) sensibilidade. . ESTADO MENTAL. O EN é iniciado com a avaliação do nível....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa