Anestesiologia Materno-Infantil - Capítulo 03 - Manejo da via aérea em pediatria

IMIP-Anestesia_-_cap-03 Débora de Oliveira Cumino . Waston Vieira Silva. INTRODUÇÃO. Define-se um paciente como sendo portador de via aérea difícil (VAD) quando um anestesiologista experiente, contando com material adequado e utilizando técnicas corretas, encontra dificuldade na manutenção da ventilação sob máscara, na intubação traqueal ou em ambas. O sucesso no manuseio da VAD depende, entre outros fatores, do diagnóstico prévio, do preparo do profissional e da disponibilidade de material apropriado. As complicações decorrentes do manuseio das vias aéreas estão entre as principais causas de litígios judiciais que envolvem a anestesiologia.. Diversas condições clínicas (Quadro 3-1) podem trazer dificuldades para o acesso à via aérea na criança em virtude....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa