ALCOOLOGIA – O Alcoolismo na Perspectiva da Saúde Pública - Capítulo 16 - Aspectos do Tratamento

16 tratamento do alcoolismo, como inúmeros especialistas enfatizam, envolve obrigatoriamente as dimensões biológicas, psicológicas e sociais, sob atenção de uma equipe multidisciplinar, sendo os médicos, psicológicos, enfermeiros e assistentes sociais, os profissionais indispensáveis.. Naturalmente, a diversidade e a complexidade dos problemas relacionados ao uso, abuso e à dependência do álcool fazem com que os mais diversos modelos terapêuticos sejam aplicados, dependendo dos vários fatores biopsicossociais e das experiências profissionais. A ênfase em um ou outro modelo ou em uma ou outra especialidade faz com que o tratamento do alcoolismo tenha características e nuances diferentes, conforme o programa estabelecido.. Desde que Magnus Huss, em meados do século XIX, reconheceu a questão das conseqüências do abuso do álcool, e mais tarde, Jellinek, já nos anos de 1950, chamou a atenção para o problema do alcoolismo como doença, o modelo médico-psiquiátrico predominou de maneira marcante na orientação terapêutica. Desde esta época, quando a Organização Mundial de Saúde passou a encarar o alcoolismo como problema de saúde relevante e prevalente, tem-se verificado enorme interesse....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa