Insuficiência Cardíaca - Capítulo 09 - Insuficiência Cardíaca de Origem Hipertensiva

PEREIRA 09 Epidemiologia e Importância. A insuficiência cardíaca (IC) é uma condição clínica associada a piora da capacidade funcional, diminuição da qualidade de vida e aumento da morbidade e mortalidade dos pacientes. Apesar de todos os avanços no tratamento da IC, o prognóstico dessa síndrome é mau, com média de sobrevida após a instalação dos sintomas de somente 1,7 ano em homens e 3,2 anos em mulheres, e o tratamento tem por objetivo a melhora dos sintomas, a redução da mortalidade, a diminuição dos custos hospitalares e a prevenção de readmissões.1,2. Nos últimos 50 anos ocorreu uma mudança no perfil causal da IC em razão dos avanços da cardiologia e das mudanças no estilo de vida. Na década de 1950, as causas não isquêmicas eram as mais frequentes, com destaque para a hipertensão arterial sistêmica (HAS) como importante fator de risco etiológico para a IC.3. A melhora das condições socioeconômicas, o tratamento da HAS e as medidas para prevenção da febre reumática reduziram, de modo significativo, a incidência da IC por essas etiologias durante as últimas décadas.3. Atualmente, a industrialização e a urbanização, apesar de melhorarem o nível socioeconômico,....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa