EMERGÊNCIAS MÉDICAS - Capítulo 77 - Fraturas Expostas

Untitled Document José Carlos Souza Vilela Luiz Eduardo Moreira Teixeira Glauco Almeida Passos . Introdução A fratura exposta não deve ser entendida como a fratura de um osso que, por acaso, produz uma lesão das partes moles e sim uma lesão traumática das partes moles acompanhada de uma solução de continuidade óssea subjacente. Isso porque as fraturas expostas estão associadas a um número aumentado de lesões, risco elevado de infecção e complicações relacionadas à consolidação. Na prática clínica, o maior determinante da evolução de uma fratura exposta é o acometimento do envelope de partes moles circunjacente, mais que o padrão de lesão óssea propriamente dita. O tratamento das fraturas expostas desafia o ortopedista que trabalha em hospitais de urgência. Apesar do desenvolvimento dos materiais e técnicas cirúrgicos, as taxas de infecção e não consolidação ainda são consideráveis. O acompanhamento estrito dos seguintes princípios de tratamento é a melhor forma de minimizar as complicações: administração precoce de antibioticoterapia, aventar a possibilidade de tétano e o....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa