EMERGÊNCIAS MÉDICAS - Capítulo 50 - Encefalopatia Hepática SEÇÃO VII - EMERGÊNCIAS NAS DOENÇAS INFECCIOSAS

Documento sem título Rodrigo Macedo Rosa. Emanuella Braga de Carvalho. I - Introdução .           A encefalopatia hepática (HE) constitui-se em distúrbio neurológico funcional, metabolicamente induzido e potencialmente reversível, caracterizada por grave e progressiva desordem com amplo espectro de anormalidades neuropsiquiátricas e motoras, desde leves alterações das funções cognitivas até coma e morte1. Representa complicação desafiadora da doença hepática avançada, manifestando-se em 30 a 45% e 10 a 50% dos pacientes com cirrose hepática e shunts porto-sistêmicos intra-hepáticos transjugulares (TIPS), respectivamente2. Das internações hospitalares em hepatopatas crônicos, entre um terço e metade são motivadas por encefalopatia, com tempo médio de internação variando de 5 a 7 dias3. Nos Estados Unidos, a EH foi responsável por 40.000 internações hospitalares no ano de 20032..          Deve-se ressaltar a grande importância da EH como transtorno metabólico potencialmente reversível, desde que precocemente diagnosticado e corretamente tratado, o que serve de motivação para a busca constante de melhores métodos diagnósticos e terapêuticos, no intuito de melhora prognóstica desse grupo de pacientes.. Este....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa