EMERGÊNCIAS MÉDICAS - Capítulo 49 - Hepatites Virais Agudas

Documento sem título Rodrigo Cambraia. Luciana Fruet. Enio Roberto Pietra Pedroso. Introdução. As hepatites virais são causadas, principalmente, pelos vírus da hepatite A (VHA), B (VHB), C (VHC), D ou delta (VHD), e E (VHE); e, com menor freqüência, G (VHG), TTV, SEN-V, outros vírus herpes, arbovírus, paramixovírus e togavírus. O agente viral não é identificado em um terço dos casos de hepatites agudas ou crônicas virais, sendo considerados como não A-E, criptogênica, desconhecida, ou idiopática.. Serão consideradas aqui as hepatites de A e E que possuem, predominantemente, evolução aguda, auto-limitada, e transmissão, principalmente, fecal-oral. As hepatites B, C e delta apresentarem maior prevalência de evolução crônica, e transmissão parenteral.. A hepatite aguda acomete o fígado difusamente, com inflamação e necrose com duração inferior a seis meses. Os seus principais agentes são os vírus A, B, C, D e E, e, menos freqüentemente, as drogas lícitas (álcool) ou ilícitas, a auto-imunidade e os distúrbios metabólicos. As hepatites fulminante ou a subfulminante são definidas pela evolução aguda e grave, com necrose maciça ou submaciça dos hepatócitos, insuficiência hepática aguda e encefalopatia hepática (amoniacal), que surgem em duas e duas a 12 semanas, respectivamente, após o aparecimento....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa