EMERGÊNCIAS MÉDICAS - Capitulo 46 - Apendicite Aguda, Colecistite Aguda, Diverticulite Aguda e Obstrução Intestinal

Documento sem título Rodrigo Gomes da Silva. Leonardo Maciel da Fonseca. Kelly Cristine de Lacerda Rodrigues Buzatti. INTRODUÇÃO . Muitos quadros de dor abdominal apresentam sinais, sintomas e alterações que se sobrepõem, e nem todos são exclusivamente de tratamento operatório.  Oito doenças respondem por cerca de 90% dos pacientes que procuram serviço de urgência em enfermaria cirúrgica queixando-se de dor abdominal aguda: apendicite aguda, colecistite aguda, obstrução intestinal, doença diverticular complicada, úlcera péptica perfurada, cólica nefrética, pancreatite aguda, e dor abdominal não cirúrgica inespecífica. O presente capítulo objetiva fazer revisão da epidemiologia, quadro clínico, diagnóstico e conduta das doenças cirúrgicas mais prevalentes no abdome agudo.. EPIDEMIOLOGIA. Apendicite Aguda . A chance de uma pessoa apresentar apendicite ao longo da vida é de 8,6% para homens e de 6,7% para mulheres.  A incidência é maior no segundo e terceiro decênios de vida, com relação de homens para mulheres de 1,4:1. A mortalidade é baixa, menor que 1%, exceto na população idosa e pediátrica (1).   . Colecistite Aguda . A colecistite aguda litiásica é a doença de tratamento operatório mais comum das ....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa