EMERGÊNCIAS MÉDICAS - Capítulo 18 - ARRITMIAS CARDÍACAS

Untitled Document Rose Mary Ferreira Lisboa da Silva. Introdução Apesar da observação de anormalidades na freqüência e características do pulso antes do século XX, somente em 1909, após o advento da eletrocardiografia, é que Thomas Lewis propôs a classificação das arritmias, diferenciando a taquicardia atrial paroxística da taquicardia ventricular paroxística. As arritmias cardíacas constituem causa importante de morbidade e mortalidade. Podem se apresentar clinicamente em um simples contexto com sintomas pouco expressivos como palpitações, com quadros intermediários de pré-síncope e taquicardiomiopatia, até a forma mais dramática e temível de morte cardíaca súbita. A abordagem de pacientes com arritmia depende tanto do quadro de sintomas, quanto da apresentação eletrocardiográfica. Assim, esse capítulo tratará das taquiarritmias de QRS estreito, regulares e irregulares, das taquiarritmias de QRS largo e das bradiarritmias, enfatizando além de dados epidemiológicos e clínicos, o tratamento principalmente na fase aguda, essencial no manejo de urgências clínicas.. Taquicardias de....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa