Clínica Cirúrgica - Capítulo 48 - Sarcomas de Retroperitônio

Mario Rino Martins . Felipe Lopes. INTRODUÇÃO. Os sarcomas de partes moles são tumores raros que representam 1% a 2% de todos os tumores sólidos malignos.. Somente 10% a 20% destes tumores estão localizados no retroperitônio.1,2 Os sarcomas de retroperitônio têm pico de incidência na quinta e sexta décadas de vida, apesar de ocorrerem em qualquer idade.2 Não há dados específicos sobre sarcomas primários do retroperitônio no Brasil, ao passo que nos EUA 1.000 casos novos são diagnosticados anualmente.2. O retroperitônio representa a região anatômica coberta anteriormente pelo peritônio, posteriormente pela parede abdominal posterior, superiormente pela 12a vértebra e costela, inferiormente pelo osso sacro e asas do ilíaco, e lateralmente pelo músculo quadrado lombar. Estruturas presentes no retroperitônio incluem pâncreas, duodeno, rins, ureteres, glândula adrenal, aorta e seus ramos, veia cava inferior e suas tributárias, linfonodos, nervos e tecido conectivo.3. Coletivamente, os tumores malignos do retroperitônio são quatro vezes mais frequentes que as lesões benignas, contrastando com o que ocorre nas demais regiões do corpo. 3 Em adultos, as variedades histológicas mais frequentes são lipossarcoma e leiomiossarcoma, seguidas....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa