Clínica Cirúrgica - Capítulo 40 - Carcinoma Hepatocelular

André Cosme de Oliveira Fábio Mesquita Moura. INTRODUÇÃO. O câncer de fígado se origina nas células hepáticas, os hepatócitos, sendo denominado carcinoma hepatocelular (CHC). É o câncer primário mais comum, e em sua grande maioria o CHC acontece em um grupo de pacientes bem definidos – aqueles com cirrose hepática. A cirrose hepática é o evento final de várias doenças que agridem o fígado cronicamente, levando à destruição progressiva dos hepatócitos e à formação de fibrose, como as hepatites virais (vírus B e C), a hepatite pelo álcool, a esteato-hepatite não alcoólica, a hemocromatose, entre outras. De modo geral, considera-se que o portador de cirrose tenha risco de 5% ao ano de desenvolver carcinoma hepatocelular.. A primeira descrição científica foi feita por Eggel, em 1901, e atualmente ocupa o sexto lugar entre os cânceres mais comuns no mundo.. Há uma grande variação geográfica no que diz respeito aos fatores de risco e à incidência da cirrose, a qual frequentemente ocorre em virtude da hepatite viral, o fator de risco dominante para o CHC. As diferenças geográficas devem-se comumente às variações epidemiológicas de infecção pelos vírus das hepatites B e C.. Nos EUA a taxa de incidência, que é de aproximadamente....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa