Clínica Cirúrgica - Capítulo 21 - Lesão Iatrogênica das Vias Biliares

Miguel Arcanjo dos Santos Júnior Cesar Henrique Alves Lyra João Paulo Ribeiro Neto  . Introdução. A lesão das vias biliares (LVB) é uma das graves entidades patológicas com a qual o cirurgião pode se deparar.1-7 Se não for reconhecida durante o procedimento inicial ou se manuseada indevidamente, complicações que colocam a vida do paciente em risco podem ocorrer, como cirrose biliar secundária, hipertensão portal e colangite.5,6,8-13 . A lesão do ducto biliar já era conhecida desde os primórdios das colecistectomias. Um levantamento da ocorrência dessa lesão em uma série de 42 mil colecistectomias por laparotomia, realizadas nos EUA e relatadas por Roslyn e cols., encontrou 0,2% de incidência.12  Strasberg e cols. encontraram um índice de 0,3% em 25 mil colecistectomias convencionais (1980).4 Desde a introdução da cirurgia videolaparoscópica, a incidência dessa lesão aumentou, tendo um estudo multicêntrico demonstrado variação entre 0,4 e 0,6%.14  . No início da adoção da colecistectomia laparoscópica, quando a curva de aprendizado evidenciou aumento dessas lesões, esperava-se que houvesse diminuição progressiva das lesões das vias biliares, comparáveis aos níveis da cirurgia convencional. Infelizmente, uma análise realizada por Wherry e cols. em mais de 10 mil colecistectomias videolaparoscópicas nos....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa