Clínica Cirúrgica - Capítulo 13 - Atendimento Inicial ao Politraumatizado

Petrus Moura de Andrade Lima Introdução . Atualmente, verifica-se aumento da incidência de casos de traumatismo no Brasil e no mundo, com maior número de atendimentos nas emergências hospitalares, justificando a necessidade de estudos a respeito dessa temática. Devemos tratar o trauma como uma doença que exige equipe multidisciplinar capacitada para a assistência ao paciente, assim como serviço adequadamente projetado e equipado com o objetivo de redução de mortes e de sequelas. O termo politraumatismo refere-se a lesões concomitantes que atingem duas ou mais regiões do corpo, podendo ter caráter intencional ou acidental.1 . Epidemiologia . Mundialmente, os acidentes estão entre as cinco principais causas de mortalidade, ocupando em quase todos os países a segunda ou terceira colocação.2 De acordo com o Datasus, 133.644 pessoas morreram por causas externas em 2008 no Brasil; apenas no mês de abril de 2010, houve 73.448 internamentos hospitalares por causas externas no Sistema Único de Saúde. Fisiopatologia da Morte no Trauma . A morte em função do trauma apresenta distribuição trimodal.3 No primeiro momento, a morte ocorre em segundos a minutos, pois a lesão secundária ao trauma é de tal gravidade que inviabiliza qualquer esforço....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa