Endocrinologia e Diabetes - Parte 09 – Pâncreas Endócrino e Diabetes Mellitus- Capítulo 77 – Diabetes e Cirurgia

Leila Maria Batista Araújo . Introdução . Os pacientes diabéticos são mais propensos do que indivíduos não-diabéticos a desenvolver condições que necessitam cirurgia, devido à freqüência elevada de doença vascular oclusiva, lesões de pé, infecções teciduais, colelitíase e complicações oculares. Mesmo no diabético bem controlado, a conduta a ser tomada não pode ser padronizada, pois varia de acordo com as condições clínicas do paciente, a duração e o tipo de cirurgia.1,2 . No indivíduo diabético, o estresse cirúrgico aumenta os hormônios contra-reguladores e leva a maior produção hepática de glicose, lipólise, cetogênese, proteólise e depleção nitrogenada. Essas alterações causam hiperglicemia, glicosúria e, eventualmente, cetoacidose ou coma hiperosmolar. Por outro lado, a perda de líquidos por diurese osmótica leva à diminuição dos níveis de cálcio, magnésio e fosfato. Os diabéticos tipo 1, ou insulinopênicos, são mais instáveis e mais sujeitos a essas complicações metabólicas. A hipoglicemia é outra complicação que pode ocorrer, por excesso de insulina ou por uso de hipoglicemiantes orais.1,2 . Além....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa