Endocrinologia e Diabetes - Parte 08 – Endocrinologia Pediátrica e do Adolescente- Capítulo 58 – Criptorquidismo e Micropênis

Raíssa Rêgo Barros Gustavo Caldas . Criptorquidismo . O criptorquidismo, originário das palavras gregas kryptos e orchis, foi descrito séculos atrás por Galen e Vesalius e significa testículo oculto. Genericamente, engloba todas as alterações da descida testicular em que um ou ambos os testículos não alcançam a bolsa escrotal. O criptorquidismo é a anomalia mais comum da genitália masculina. A maior preocupação com o criptorquidismo deve-se aos problemas fisiológicos na infância, à infertilidade e ao maior risco de câncer na vida adulta. Hoje, as anormalidades do criptorquidismo são mais comumente referidas como testículos não-descendentes (TND), os quais podem estar localizados no anel inguinal externo (50%), dentro do canal inguinal (19%), intra-abdominal (9%), ou podem ser ectópicos (23%). É necessária uma distinção entre criptorquidia, testículo ectópico e testículo retrátil. O testículo ectópico ocorre quando desce normalmente pelo canal inguinal e, após sua passagem através do anel inguinal externo, aloja-se superficialmente, onde é palpado facilmente na parede abdominal, na porção superior da coxa ou no períneo. .

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa