Manual de Urgências em Pronto Socorro - Parte 01 - Urgências Cirúrgicas - Capítulo 28 - Traumatismo Cranioencefálico na Criança

Sebastião N. S. Gusmão . José Gilberto Henriques. Denise Marques de Assis. I. Introdução. O estudo do traumatismo cranioencefálico (TCE) na criança apresenta a mesma importância já referida em relação ao adulto, salientando-se a grande incidência do TCE leve, devido às frequentes quedas de pequena altura a que as crianças estão sujeitas. O TCE em crianças, especialmente nos lactentes, apresenta características diferentes das observadas no adulto. Essas diferenças são devidas à maior flexibilidade do crânio das crianças, pela fusão incompleta dos ossos, às diferentes reações do encéfalo ao traumatismo e, especialmente, à maior plasticidade do sistema nervoso da criança, que permite maior recuperação da função cerebral em relação ao adulto.. Segundo estatísticas americanas, a taxa de novos casos de trauma craniano chega a 200 por 100.000 habitantes entre crianças com menos de 15 anos de idade e 340 por 100.000 habitantes entre adolescentes e adultos jovens. Cerca de 12% das crianças com TCE necessitam de cuidados médicos e, destes, 2% são hospitalizados, o que gera cerca de 100.000 internações....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa