Manual de Urgências em Pronto Socorro - Parte 01 - Urgências Cirúrgicas - Capítulo 16 - Traumatismo Pancreático

Carlos Rubens Maciel. Sizenando Vieira Starling. I. Generalidades. O trauma pancreático é importante quando se sabe de sua incidência crescente, das dificuldades para o diagnóstico precoce e dos altos índices de morbidade e mortalidade que ele envolve. Nos dias atuais, em 3% a 12% de todos os traumatismos abdominais existe lesão pancreática.. O pâncreas é uma glândula tubuloalveolar com células tanto endócrinas quanto exócrinas. As células acinares, centroacinares e dutais são responsáveis pela secreção exócrina. Elas produzem as enzimas digestivas pancreáticas, os hormônios colecistoquinina e pancreozimina, e liberam água, bicarbonato e outros eletrólitos. As células endócrinas estão localizadas nas ilhotas de Langerhans. As células insulares alfa, beta e gama produzem, respectivamente, glucagon, insulina e gastrina. Esses hormônios têm grande importância no metabolismo dos carboidratos. Para provocar insuficiência endócrina ou exócrina em um pâncreas previamente normal, é necessária a ressecção de mais de 80% do seu parênquima.. Uma compreensão adequada da anatomia do pâncreas....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa