Terapia Intensiva em Pediatria - Seção 02 - Sistema Cardiocirculatório- Capítulo 09 - Trombose Venosa Profunda na Criança

Cláudia Betânia Rodrigues de Abreu . Introdução e Epidemiologia . Com o advento de serviços hospitalares terciários pediátricos, vem sendo observado aumento na incidência de complicações tromboembólicas. De acordo com registros canadenses coletados em 15 centros com atendimento pediátrico terciário, a ocorrência de tromboembolia venosa (TEV) foi de 5,3 por 10.000 admissões hospitalares, com uma incidência de 0,07 caso por 10.000 crianças. Um estudo internacional de tromboembolia venosa sintomática em recém-nascidos (RN) mostrou uma incidência de 2,4/1.000 admissões à Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), enquanto um estudo prospectivo alemão encontrou uma incidência de 0,51/10.000 nascimentos, sendo a trombose arterial observada em metade dos casos. . Mesmo diante do aumento no número de casos, estas complicações ainda são consideradas raras em crianças, justificando a inexistência de estudos específicos para esta faixa etária e determinando, por isso, que a condução desses pacientes siga as informações disponíveis para adultos. . Nos últimos 10 anos foram realizados menos....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa