Cirurgia de Urgência - Vol. I - 2ª Ed. - Capítulo 04.15. Trauma de Veias Cervicais

Alcino Lázaro da Silva João Carlos Teixeira. . Considerações Gerais. . A maioria dos relatos de ferimentos do pescoço originou-se de cirurgias durante a guerra. Apenas três ferimentos foram descritos na Guerra da Criméia, dois deles fatais e o terceiro resultou em invalidez. Durante a Guerra Civil Americana houve 4.114 casos de ferimentos do pescoço, com uma mortalidade aproximada de 15%. Da Guerra Hispano-americana, 188 casos foram relatados com uma mortalidade de 18%.11 Durante a Primeira Guerra Mundial o tratamento dos ferimentos penetrantes do pescoço era basicamente não-cirúrgico. Foram relatados 594 casos com uma mortalidade de 11 a 13%. O grande número de aneurismas relatados como complicação tardia de ferimentos cervicais foi evidência de que a conduta expectante era empregada.11 Entre as duas guerras, a literatura caracterizou-se pelo relato de casos isolados. Durante a Segunda Guerra Mundial, o uso de traqueostomia precoce, exploração cirúrgica mais freqüente com....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?