Cirurgia de Urgência - Vol. I - 2ª Ed. - Capítulo 02.77. Fístulas Digestivas

Capítulo 02.77. Fístulas Digestivas Ênio Roberto Pietra Pedroso. Alcino Lázaro da Silva Introdução Heister (1757) foi o primeiro a reconhecer a fístula entérica e a aconselhar a sutura da abertura intestinal à pele para minimizar a sepse. 6 Abreu 1 considera que "quaisquer que sejam os progressos de cirurgia, eles não farão desaparecer as fístulas intestinais, de maneira absoluta. Sua etiologia, o modo como muitas vezes surgem, superam todo cuidado, a tática mais hábil e a mais requintada técnica cirúrgica". Fístula intestinal é "a comunicação anormal do jejuno-íleo, ou de parte do grosso intestino com a pele, com vísceras abdominais, com a cavidade ou vísceras torácicas, através da qual se eliminam gases, isoladamente, ou acompanhados ora de fezes, ou outro material, ora desta e daquelas". No aparelho digestivo podem ocorrer fístulas as mais variadas, sejam entre segmentos do próprio tubo digestivo ou com estruturas canaliculares; de outros sistemas. Assim é que se podem encontram fístulas esofagotraqueobronquiais,....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa