Cirurgia de Urgência - Vol. I - 2ª Ed. - Capítulo 02.35. Hemorragia Digestiva

Capítulo 02.35. Hemorragia Digestiva Omero Mariano de Almeida. Alcino Lázaro da Silva Introdução A hemorragia digestiva (HD) é um capítulo importante, pela sua freqüência e gravidade e por ser sempre um problema urgente e de grande responsabilidade. É tratada como síndrome, desde que o diagnóstico etiológico, inicialmente, nunca é feito com precisão. Enquanto se trata a síndrome cuida-se de chegar àquele para que o tratamento seja mais eficaz. O resultado é superior quando há interação de esforços de profissionais diferenciados: internista, cirurgião, radiologista, endoscopista e médico de cuidado intensivo e de banco de sangue. O fundamental é o cirurgião. Não que este seja superior aos outros. Mas há necessidade de sua presença no primeiro surto hemorrágico para que a avaliação geral e panorâmica, que indicará uma cirurgia (em 25% dos que sangram), dependa, sobretudo, da evolução do doente. E o cirurgião que examina o doente, no primeiro surto hemorrágico, julga com mais tranqüilidade, segurança e pertinência ....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa