Cirurgia de Urgência - Vol. I - 2ª Ed. - Capítulo 01.09. Iatrogenia Radiológica o Trato Alimentar

Cid Sérgio Ferreira. José Nelson Mendes Vieira. . A investigação radiológica do intestino grosso através de enema opaco (técnica de enchimento ou de duplo contraste) constitui método de rotina habitualmente seguro, Todavia, pode estar sujeito a riscos com eventuais complicações, algumas muito raras. O conhecimento destes riscos e o pronto reconhecimento de complicações minimizam a sua morbimortalidade. 42. . As pessoas idosas 36 ou portadoras de obstipação crônica, carcinoma do cólon ou diverticulite3 experimentam algum grau de obstrução do intestino grosso após exames contrastados do tubo digestivo, especialmente estômago e duodeno. No intestino delgado, devido à quantidade de liquido existente, o bário não fica inspissado. Quando o contraste chega ao intestino grosso, a absorção de água pode torná-lo ressecado, empedernido, resultando no barólito, de difícil eliminação. O paciente ou seus familiares devem ser orientados para esta possibilidade. Além disso, recomenda-se uso de laxativo, rotineiramente, após....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?