Bases Anatômicas e Funcionais das Cirurgias do Membro Superior - Seção IV - Aplicação Cirúrgica do Conhecimento Anatômico - Vias de Acesso Cirúrgico ao Membro Superior - Capítulo 18 - Representação Anatômica das Neurotizações do Plexo Braquial

Em geral, as lesões nervosas do plexo braquial atingem pessoas jovens, com maior frequência do sexo masculino, em virtude de acidentes envolvendo motocicletas.. As lesões nervosas em geral, principalmente as recentes, são reparadas por meio de neurorrafia (união por cirurgia dos cotos nervosos proximal e distal). Este procedimento deve ser realizado, de preferência, antes de seis meses após a lesão.. Ver Figura 18.1. As neurólises consistem na dissecção dos nervos com o objetivo de liberá-los dos tecidos fibróticos adjacentes.. Nas situações em que os cotos não podem ser aproximados é possível empregar enxertos nervosos. Os segmentos nervosos danificados são removidos e substituídos por enxertos nervosos (utilizando nervos de menor importância funcional como doadores, por exemplo, o nervo sural da perna).. Ver Figura 18.2. Quando o coto proximal de um nervo não está presente, por exemplo, quando ocorrem avulsões das raízes do plexo braquial da medula espinhal, a alternativa....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa