Protocolos em Trauma – Hospital de Pronto Socorro João XXIII - I Protocolo - Capítulo 17 - Cirurgia para Controle do Dano

”Não estamos retrocedendo, estamos avançando em outra direção.” . General Douglas MacArthur . A cirurgia para controle de danos é realizada nos pacientes traumatizados que manifestam distúrbios fisiológicos graves, estabelecendo assim a prioridade de corrigi-los antes mesmo do reparo anatômico definitivo das lesões. Os procedimentos de controle do sangramento e da contaminação, seguidos de internação em ambiente de terapia intensiva para estabilização fisiológica e em seguida reoperação, constituem o tripé desse tipo de tratamento. . Laparostomia com fechamento alternativo após cirurgia para controle do dano.. Indicações . • O cirurgião experiente em trauma consegue identificar mais claramente os sinais e decidir sobre o controle de danos pouco depois do início da cirurgia. Idealmente, a cirurgia para controle do dano deve ser escolhida antes mesmo da incisão na pele do paciente. Para Laparostomia com fechamento alternativo após cirurgia para controle do dano. Para isso devemos ter....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2017 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa