Tópicos em Gastroenterologia - Volume 14 - Controvérsias - Capítulo 22 - Colecistolitíase Assintomática: Por Que Operar

Alexandre Lages Savassi-Rocha. Marcelo Rausch. Paulo Roberto Savassi-Rocha. . Introdução. A litíase da vesícula biliar constitui afecção muito freqüente, acometendo cerca de 10% a 20% da população27. Em percentual expressivo de indivíduos, a doença permanece assintomática e não é diagnosticada durante a vida.. A utilização crescente da ultra-sonografia no estudo do abdome tornou comum a detecção de colecistolitíase em pacientes sem manifestações clínicas da doença14. Por outro lado, o surgimento da colecistectomia laparoscópica, menos invasiva e com baixíssima mortalidade, parece ter modificado o limiar para indicação cirúrgica, ocasionando o aumento do número de colecistectomias em vários países20.. Esses fatores têm aumentado as controvérsias referentes à abordagem de cálculos da vesícula biliar detectados incidentalmente. . História Natural da Colecistolitíase. Manifestações Clínicas. A colecistolitíase evolui de....

Siga em Google+



conteúdos relacionados

© 2000 - 2014 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa