Manual de Urgências em Pronto-Socorro - 8ª Edição - Capítulo 50 - Infarto Agudo do Miocárdio

Leonor Garcia Rincon. Marco Tulio Baccarini Pires. Arquimedes N. C. Santos. Augusto O. Silveira Coutinho. I. Introdução e patogênese. O infarto agudo do miocárdio (IAM) é a síndrome clínica resultante da necrose isquêmica do músculo cardíaco, conseqüente à obstrução ao fluxo coronariano, transitória ou permanentemente. Do ponto de vista patológico, o infarto do miocárdio é a morte celular em decorrência de isquemia prolongada. Após o início da isquemia, a necrose se inicia depois de cerca de 15 minutos; a morte de todas as células em risco pode levar de 4 a 6 horas para ocorrer, na dependência de diferentes fatores, como a presença ou não de circulação colateral.. A maioria dos infartos do miocárdio é ocasionada pela trombose de uma artéria coronária sobre uma placa ateromatosa. Abaixo de um determinado nível de fluxo sangüíneo para a musculatura cardíaca, surge um quadro isquêmico; quando esta isquemia se prolonga, danos irreversíveis ocorrem, configurando uma área de infarto na musculatura do miocárdio.. A doença coronariana aterosclerótica é geralmente assintomática,....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa