Manual de Urgências em Pronto-Socorro - 8ª Edição - Capítulo 38 - Lesões dos Nervos Periféricos:Tratamento Cirúrgico

Sebastião N. S. Gusmão. Tales Henrique Ulhoa. I.Bases Anátomo-funcionais. Os nervos periféricos são feixes de fibras nervosas encerradas em um invólucro glio-conjuntival. Estas fibras representam os prolongamentos axonais dos neurônios cujos corpos celulares estão situados no corno anterior da medula, no caso dos motoneurônios, no gânglio raquiano, no caso dos nervos sensitivos, e nos gânglios paravertebrais, no caso das fibras autonômicas.. A unidade funcional do nervo periférico é a fibra nervosa, que é constituída por um prolongamento do neurônio, o axônio, recoberto por uma delicada bainha denominada neurolema ou bainha de Schwann. O axônio está revestido pela bainha de mielina que nada mais é do que uma extensão do citoplasma da célula de Schwann. Fibras muito mielinizadas e de maior espessura conduzem os impulsos nervosos mais rapidamente. As fibras amielínicas e as pouco mielinizadas transmitem os impulsos mais lentamente. Nas fibras mielínicas existe, entre as células de Schwann, uma pequena área não-mielinizada que corresponde aos nodos de Ranvier. Estes nodos são responsáveis pela transmissão saltatória característica....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2018 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa