Endocrinologia Clínica 1ª Ed. - Capítulo 13 - Conduta no Bócio Nodular Tóxico

Capítulo 13 - Conduta no Bócio Nodular Tóxico Eliane Moura. Renata Campos. . Introdução. . Embora aconteça em adultos e até em crianças, o bócio nodular tóxico e, principalmente, o bócio multinodular tóxico tendem a ocorrer com maior freqüência em faixas etárias mais avançadas (a partir da quinta década), com predominância no sexo feminino (relação M/H = 13/ 1).. . A incidência de doença nodular tóxica da tiróide é muito variável, observando-se uma maior ocorrência em indivíduos provenientes de áreas mais carentes em iodo. Quando se considera o universo de pacientes com nódulos tiroidianos, uma freqüência relativa de 2% para o adenoma tóxico é vista nos EUA, enquanto em alguns países europeus, como Alemanha e Suíça, chega a 33%. No Brasil, a freqüência foi, em um estudo, de cerca de 12%.. . Mais recentemente, a patogênese da doença de Plummer (bócio nodular tóxico) tem sido mais bem esclarecida, atribuindo-se seu surgimento a mutações que ocorreriam no gene que expressa o receptor de TSH acoplado à proteína G,....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa