Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - Capítulo 19-21. Desvio Arterial

Alcino Lázaro da Silva. . O primeiro executado parece ter sido por Feeman (1952), entre as femorais comuns e por Oudet (1953) entre as ilíacas externas.. . Os desvios extra-anatômicos usados para revascularizar membro inferior são: femorofemoral, axilofemoral iliofemoral, femorobturatório, femorobraquiocefálico, carótido-subclávio, carótido-carótida e axiloaxilar.. . As indicações são absolutas para salvar uma vida o um membro; ou relativas, quando há alto risco cirúrgico ou impossibilidade de remoção ou controle de aneurisma de aorta. O aneurisma seria aliviado das tensões arteriais teria seus cotos ligados ou se observaria para sua remoção, secundária.. . Os cuidados técnicos, além dos princípios de cirurgia arterial, são: colocar a anastomose na primeira porção artéria axilar; tunelizar bem lateralmente (linha axilar m dia), para que a prótese fique no plano de flexão do tronco; usar a prótese no tamanho conveniente e possibilita, ótimo fluxo, associando desvio....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa