Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - Capítulo 18.04. - 3ª Parte - Bloqueio Regional: Raquidiano e Epidural

Drogas. . Analisaremos apenas as drogas mais usadas atualmente. A procaína será incluída por ser a referência em termos de toxidez, potência e índice anestésico. As drogas mais recentes, ainda pouco comuns entre nós, serão apenas sumariadas.. . Procaína. 3,4,18,2O Sinonímia: novocaína, escurocaína (éster de dietilaminoetanol do ácido paraminobenzóico); peso molecular: 273; pKa: 8,92; esterilização: as ampolas com cristais podem ser autoclavadas a 120º C e as soluções podem ser submetidas à ebulição.. . Generalidades: sintetizada por Einhorn, em 1905, é anestésico potente e teve uso muito difundido. Tornou-se menos usado devido à preferência dada aos anestésicos do grupo das amidas. A procaína é a droga de referência em relação à potência e à toxidez dos anestésicos locais usados para injeção, sendo arbitrariamente considerada como possuindo potência, toxicidade e índice anestésico de 1.. . É anestésico local do tipo éster, sendo hidrolisado pela pseudocolinesterase plasmática. Sua rápida hidrólise torna-a um dos anestésicos locais mais seguros e menos tóxicos, se injetada acidentalmente....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa