Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - Capítulo 17.15. Cirurgia em Nível Ambulatorial

Dyonísio Saad José Bichara. Alcino Lázaro da Silva. . A cirurgia é uma só, qualquer que seja o setor ou especialidade. As bases e pitares que sustentam a segurança e o sucesso terapêutico são os mesmos. Variam as plataformas.. . Não se entende, pois, especificação em cirurgia quando se cogita de dois aspectos importantes que a envolvem: o local de realização e a condição física ou psíquica do doente.. . O local onde se desenvolve a cirurgia é dentro do bloco cirúrgico intra-hospitalar convencional, ou no bloco cirúrgico anexo ao hospital, dentro do ambulatório. Para aquele, os doentes, serão internados para procedimentos pré-operatórios, e para o segundo local serão recebidos na sala de cirurgia, após preparo ambulatorial, para intervenções que permitem o retorno à sua casa.. . Os cuidados, as medidas preventivas, a segurança, a qualidade do material usado jamais podem diferenciar-se com relação ao local onde se exerce uma cirurgia. São os mesmos, sem exceção, tanto para o regime hospitalar quanto para o ambulatoria1.1,2,3,4,10,11. . Os fatores que definem a direção que se deve dar ao doente que se submeterá a uma operação....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa