Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - Capítulo 16.10. Medicina Aeroportuária

José de Laurentys Medeiros Júnior. . O crescente avanço da aviação civil, envolvendo passageiros, tripulantes, funcionários de aeroporto e visitantes, exigiu a instituição de uma legislação internacional e instalação de posto médico de emergência em todos os aeroportos de categoria A, ou seja, aqueles que operam com vôos internacionais. Estes postos, ainda que sem equipamentos altamente especializados, devem estar em condições para o atendimento imediato das categorias citadas.. . No Brasil, os diversos aeroportos de grande porte já estão aparelhados para este atendimento e prontos para remoção imediata de pacientes, caso necessário, para hospitais equipados com CTI e tratamentos especializados das diversas emergências.. . Características gerais do posto: (1) localização de fácil acesso para os usuários do terminal de passageiros, permitindo, também, aos plantonistas atingir facilmente a pista de pouso e decolagem; (2) portas amplas, facilitando a passagem de macas e cadeiras de rodas e ausência de escadas que dificultem as manobras com os doentes; (3) ambiente bem iluminado e suficientemente ventilado; (4) subdivisões em sala de exame, pequena enfermaria....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa