Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - Capítulo 15-01. Choque

José Renan da Cunha Melo. . Introdução. . O termo choque foi introduzido, no século XIX, por Henri François de Dran para caracterizar uma situação clínica alarmante, decorrente de uma grande variedade de causas, em que a lesão traumática inicial parecia desproporcionalmente pequena quando comparada à situação clínica dela derivada. Aplica-se atualmente o termo para indicar condição em que existe disparidade entre o volume sangüíneo circulante e a capacidade do leito vascular. Como conseqüência, ocorre insuficiência circulatória periférica com má perfusão tissular, hipoxia e morte celular.. . Para manter uma circulação adequada, a bomba cardíaca, o volume sangüíneo e o tônus vascular se complementam. Mau funcionamento da bomba cardíaca, perda de volume, como, por exemplo, nas hemorragias, alteração no tônus, dos vasos sangüíneos, como na anafilaxia ou nas septicemias, ou ainda ocorrência de dois ou mais desses parâmetros associados pode causar insuficiência circulatória.. . ....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa