Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - Capítulo 11.12. Fatores de Risco em Suicídios e Tentativas

Maria Gláucia de Oliveira Frazão. . Introdução. . A tentativa de suicídio é definida por Stengel (1963) como: "Qualquer ato de dano a si próprio, infligido com a intenção, embora vaga e ambígua, de se destruir."4 A avaliação rigorosa do potencial suicida é de fundamental importância em toda e qualquer tentativa de autodestruição, posto que a maioria das pessoas que se suicidaram manifestou antes a sua intenção de fazê-lo l, 4,6,17 As perguntas diretas relativas ao suicídio não colocam ou reforçam, como alguns pensam, esta idéia na mente do paciente.3,9,10,13,15,17 Muito pelo contrário, a oportunidade de ser ouvido e compreendido quando da abordagem dos seus conflitos é capaz de deixá-lo profundamente aliviado. 3,10,17 O suicídio está incluído entre as 10 primeiras causas de morte nas sociedades industrializadas 1,5 e as tentativas de auto-extermínio têm crescido numericamente nos últimos anos.4,7 A conduta suicida resultaria da ação simultânea de fatores sócio-culturais, biológicos e psicodinâmicos, que se inter-relacionariam e constituiriam o....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?