Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - Capítulo 11.10. Aspectos Psiquiátricos da Cirurgia de Urgência no Doente Mental

Ronaldo Simões Coelho. . Introdução. . . O preconceito contra a loucura e suas manifestações cria dificuldades para o cirurgião e a sua equipe. Um dos principais efeitos desse preconceito é a estigmatização excludente,22 que leva o médico a se contentar excludentemente com o diagnóstico estigmatizante, passando, a partir daí, a ignorar o diagnóstico de qualquer outra doença associada ou intercorrente. Além disso, a percepção do doente sobre seus sintomas pode levá-lo a exigir ou a recusar a intervenção cirúrgica, assim como dificultar o diagnóstico e gerar problemas no pós-operatório.. . O despreparo do cirurgião em relação ao componente psíquico do quadro geral do paciente pode fazer com que ele menospreze situações nas quais a operação poderia ser salvadora. Do mesmo modo, do despreparo do psiquiatra quanto aos aspectos orgânicos de seus pacientes pode dificultar a indicação cirúrgica quando esta se faz necessária.. . O presente trabalho visa a elucidar alguns desses pontos, através da reunião de dados da literatura psiquiátrica.. . Preconceitos Contra a Doença....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa