Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - Capítulo 11.02. Hematomas Traumáticos Intracranianos

Luiz Carlos Mendes Faleiro. . Introdução. . As hemorragias intracranianas podem ocorrer como complicação imediata ou tardia de traumatismo craniano e ter evolução rapidamente fatal ou mais benigna com sinais neurológicos lentamente progressivos. Embora a freqüência não seja elevada quando se consideram todos os pacientes com trauma craniano (2%), a incidência de hematoma se eleva para 30 a 40%, se considerarmos apenas os pacientes com trauma grave, ou seja, que chegam ao hospital em coma e com sinais de lesão neurológica.. . O prognóstico quanto à recuperação dos pacientes que desenvolvem hematoma intracraniano é diretamente proporcional à presteza com que o médico faz o diagnóstico e o tratamento cirúrgico, sendo que pacientes potencialmente curáveis; podem permanecer em vida vegetativa, ou falecer devido ao diagnóstico e tratamento tardios em virtude de hemorragias no tronco cerebral pelo deslocamento ocasionado pelo hematoma.. . Procuraremos descrever neste capitulo o quadro clínico e os sinais mais importantes no diagnóstico dos hematomas intracranianos, assim como os dados de exames complementares....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa