Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - Capítulo 10.06. Complicações Cirúrgicas do Transplante Renal

Jorge Miguel Estêves Campos. Francisco Ozéas Carvalho Coelho. . Introdução. . O transplante renal 11 constitui hoje terapêutica bem estabelecida, sendo empregado como tratamento de escolha da insuficiência renal crônica irreversível em todo o mundo, ultrapassando pois o terreno experimental.. . Após o advento 3 da azatioprina, um derivado da 6-mercaptopurina em 1961, desde então utilizada com sucesso, juntamente com a prednisona (corticóide de escolha) em todos os centros mundiais de transplante renal, conseguiu-se diminuir em muito a principal complicação dos transplantes, ou seja, a rejeição, estabelecendo, assim, um marco histórico na terapêutica imunodepressiva.. . Porém 10 a uremia preexistente e a imunodepressão reduzem consideravelmente a capacidade de cicatrização dos pacientes transplantados, tornando-os mais sujeitos às complicações cirúrgicas. Estas, a despeito do desenvolvimento de técnicas cada vez mais seguras e apuradas, continuam responsáveis pela perda de importante percentual de órgãos transplantados....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa