Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - Capítulo 07.02. Controle de Infecção Hospitalar em Cirurgias de Urgência

Antônio Guilherme Roscoe Ferreira. . Definição. . Infecção hospitalar ou nosocomial ou institucional é todo e qualquer processo infeccioso que se manifesta durante o tempo em que o paciente fica hospitalizado e, dependendo do caso, até mesmo logo após a sua alta, desde que estabelecida a relação de causa e efeito.. . Mesmo que o paciente se interne com moléstia infecciosa (infecção comunitária) e depois apareça com infecção em outro local do organismo ou for isolado germe diferente do encontrado na época da internação, teremos caracterizada uma infecção hospitalar.. . Se a infecção for causada por microrganismo já isolado em outro paciente internado e que tenha tido contato direto ou através de vetores, como material, equipamento, roupas e pessoal médico, de enfermagem, da limpeza, do setor de nutrição e dietética (SND), teremos a infecção cruzada. O SND pode ser o único responsável por infecção hospitalar não-cruzada.. . O controle da infecção hospitalar ainda é um tema que suscita muita controvérsia porque não podemos estabelecer princípios específicos e universalmente válidos que possam englobar todos os casos....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa