Diagnóstico por Imagem em Ressonância Magnética - 2ª Edição - Capítulo 02 - Semiologia em RM

J. Franc*, D. Doyon*. . HEMATOMAS E LÍQUIDOS DE COMPOSIÇÃO DIVERSA. . INTRODUÇÃO. . Distinguem-se os fatores de contraste extrínsecos acessíveis ao usuário: tempo de repetição (TR), tempo de eco (TE), ângulo de báscula (a)...; e os fatores intrínsecos ligados ao tecido examinado e, na sua essência, não-controláveis: tempo de relaxamento longitudinal (T1), tempo de relaxamento transversal (T2), riqueza em prótons (r), fluxo, temperatura.... . Em função das escolhas do usuário, a imagem aparecerá "ponderada" em um dos fatores intrínsecos: é este fator que irá determinar o contraste na imagem obtida. Falaremos, por exemplo, de imagem ponderada em T1, T2 ou r (densidade de prótons). É claro que tal fator determina, de forma importante, o contraste na imagem, não estando os outros fatores totalmente ausentes.. . Em função dos referidos parâmetros físicos, uma estrutura pode aparecer com um sinal totalmente diferente em função do tipo de....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados


Assinantes


Esqueceu a senha?