Manual de Urgências em Pronto-Socorro - 5ª Edição - Capítulo 63 - Agentes Antimicrobianos

Márcio Hamilton Protzner de Oliveira I. Introdução. Os antibióticos são substâncias químicas, naturais ou sintéticas, empregadas no combate às doença infecciosas, inibindo ou destruindo os microrganismos patogênicos. A utilização racional dos antibióticos nas infecções bacterianas requer o isolamento e a determinação da sensibilidade do germe infectante. Entretanto, em se tratando de infecções bacterianas agudas, que colocam em risco a vida do paciente, comumente vistas nos ambulatórios de emergência, o tratamento inicial deve ser baseado na evidência presuntiva, originada da avaliação clínica inicial do paciente. A base lógica para o início do tratamento empírico apóia-se na avaliação clínica (história da doença e exame clínico), nos padrões epidemiológicos locais, no conhecimento da história natural da doença e na presunção da etiologia bacteriana. Este capítulo abordará, de modo sucinto, os princípios gerais para o uso clínico dos antibióticos e as características individuais dos grupos de antibióticos. ....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa